O Que Aconteceu Ao Cavaleiro das Trevas? (2009)

Por: Alex The Kid

Em 2013 eu tinha um emprego com um bom salário, mas que me deixava infeliz. Para fugir da realidade, eu consumia entretenimento geek de forma pesada.

Havia uma dessas “megastores” na Rua do Ouvidor, Centro do Rio de Janeiro, que ficava a apenas três quarteirões do meu escritório da tristeza. E lá eu consumia filmes, games, quadrinhos, livros, CDs de música e etc. Me lembro de sair cabisbaixo do trabalho e buscar refúgio no local. Eu pegava uma mesa no café que tinha nesse refúgio de paz, pedia um expresso, um pão de queijo e escolhia o que levar pra casa. Se fosse um livro ou quadrinho, eu começava a ler ali mesmo.

Class of 2021BS Business Administration
Uma das capas de “O Que Aconteceu Ao Cavaleiro das Trevas?” com a arte de Alex Ross.

Nenhuma fase da vida é completamente ruim, não é mesmo? E foi com uma dessas excursões ao refúgio que eu comprei a minha edição de “O Que Aconteceu Ao Cavaleiro Das Trevas?”. Ela estava em destaque, chamando a atenção. E na capa, dois nomes que se sobressaem: Neil Gaiman e Andy Kubert.

Eu li pouca coisa de Gaiman, mas reconheço que o cara é um monstro. Pelo menos esse pouco que li dele era excelente em narrativa. E sabendo disso, não recuei. Comprei o encadernado de luxo com capa dura, lombada quadrada e papel couché (o encadernado ainda possui outras histórias escritas por Gaiman). É o tipo de material que dá gosto de ter em casa.

Já Andy Kubert eu conhecia melhor. Seu trabalho em Ultimate X-Men: O Povo do Amanhã, Ponto de Ignição e algumas mensais antigas do Capitão América, já haviam sido apreciadas por mim. Considero o trabalho de Kubert consistente, mas ele não figura entre meus artistas favoritos (o que significa nada).

Eu comprei o encadernado com a certeza de que o que constaria nele seria uma história similar a “O Que Aconteceu Ao Homem de Aço?”, escrita pelo gênio Alan Moore, que criou um desfecho para o Superman trazendo aos leitores aquela que seria sua história final.

No entanto, Neil Gaiman e Andy Kubert estavam livres para fazer aquilo que queriam e foram bem originais (Tirando o fato que o título proposto por Gaiman, que seria Batman: O Fim, não fora aprovado).

Class of 2021BS Business Administration (5)
Na imagem da esquerda, a Mulher-Gato retrata sua visão da morte do Batman, na imagem da esquerda, Andy Kubert brinca com uma referência do Coringa do desenho Batman: The Animated Series.

“O Que Aconteceu Ao Cavaleiro das Trevas?” se inicia num funeral. Mas não é um funeral comum e sim o funeral do Batman. Deitado num caixão, o Homem Morcego é velado por amigos e inimigos, que parecem ter deixado suas questões de lado para relembrar o maior detetive do mundo.

O velório acontece num muquifo, localizado no Beco do Crime (local onde os pais de Bruce Wayne foram assassinados). Na recepção do muquifo está Joe Chill, o assassino que disparou os tiros que criaram o Batman. Ele encaminha as pessoas que chegam aos fundos do imóvel, onde Alfred as recebe.

Class of 2021BS Business Administration (2)
Quando o Coringa dá seu depoimento, Andy Kubert replica o personagem da Graphic Novel A Piada Mortal.

Nessa sequência inicial já se percebe que o material de Gaiman é transcendental. No cânone do Batman, Joe CHill está morto.

A Mulher-Gato, o Duas Caras, Jim e Barbara Gordon, todos vão chegando e tomando seus lugares. Eles começam a dar suas versões da morte do Cavaleiro das Trevas. Todas diferentes. Paralelamente, olhando tudo aquilo como se estivesse do lado do leitor, Batman e uma companhia misteriosa analisam os fatos. Ele contesta o que é dito, mas só entenderá o que está acontecendo nas páginas finais. Assim ele chegará à conclusão de que ele morre para renascer. O ciclo do Batman é eterno.

Class of 2021BS Business Administration (4)
Na esquerda, Robin dá seu depoimento e na direita o Superman deixa claro o quão o Batman se preocupa com a vida de inocentes.

É interessantíssimo viajar pela visão que inimigos como a Mulher-Gato e Cara de Barro têm do Batman, bem como a de aliados como Superman e Robin.

O depoimento do Homem de Aço foi o mais impactante pra mim. Num diálogo entre os heróis, Batman diz que não há problema se seus inimigos estão tentando mata-lo, já que isso os ocupa e impede que tentem matar outras pessoas. Essa disponibilidade ao sacrifício representa muito bem o Batman.

Class of 2021BS Business Administration (3)
A mãe de Bruce Wayne, Martha Wayne é a personalidade que explica ao Batman que seu ciclo é eterno.

O texto segue com relatos interessantes das personalidades presentes no velório. A de Alfred, por exemplo, é surpreendente. E enquanto os depoentes vão se alternando, Batman chega cada vez mais perto de descobrir quem é a pessoa misteriosa que o acompanha.

Dividido em dois volumes, “O Que Aconteceu Ao Cavaleiro das Trevas?” viaja por muitas fases do Batman. Com facilidade, identifiquei o desenho Batman: The Animated Series, Asilo Arkham, O Filho do Demônio, A Piada Mortal, o seriado de 1966 e A Queda do Morcego.

Class of 2021BS Business Administration (1)
O relato de Alfred é um dos mais utópicos. O mordomo seria o Coringa.

A representação dessas fases ocorre propositalmente no texto de Gaiman e também na arte de Andy Kubert.  O desenhista, orientado por Gaiman, tentou imprimir em sua arte os traços de artistas como Neil Adams e Brian Bolland, tentando replicá-lo. Um tanto esquizoide, não?

Essa combinação de arte e texto competentes têm como resultado uma leitura leve e cativante, onde não há aventura recheada de lutas acrobáticas, mas um bom mistério capaz de explicar a razão do Batman ter tantas versões e se manter por décadas.

Anúncios

Um comentário em “O Que Aconteceu Ao Cavaleiro das Trevas? (2009)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s